quinta-feira, 23 de maio de 2013

CIENTISTAS BRASILEIROS DESCOBREM ESTRELA GÊMEA DO SOL

Sol 1 e uma cronologia da evolução do Sol (Foto: Reprodução/DFTE-UFRN)

Representação artística de CoRoT Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) anunciaram a descoberta da CoRot Sol 1, nome dado à estrela gêmea solar conhecida como a mais distante da Via Láctea, galáxia que abriga o Sistema Solar. De acordo com os cientistas, a análise do astro ajuda a prever o futuro do Sol, além de dar aos astrônomos a oportunidade de testar as atuais teorias da evolução estelar e solar.
O líder da equipe de pesquisadores, José Dias do Nascimento, explica que a CoRoT Sol 1 é cerca de 2 bilhões de anos mais velho que o Sol, mas o período de rotação de ambos é quase o mesmo. "É a única estrela com essas características que é mais velha do que o Sol", informa o astrônomo. A massa e composição química de ambas são semelhantes, conforme o estudo desenvolvido na UFRN. No entanto, ao contrário das outras gêmeas solares, que são relativamente brilhantes, o brilho da CoRoT Sol 1 é 200 vezes mais fraco do que o do Sol.
O fato de a estrela gêmea estar em um estágio ligeiramente mais evoluído que o Sol será utilizado para análises sobre o futuro do Sistema Solar. "Em 2 bilhões de anos, na idade que o Sol terá a idade atual da gêmea solar CoRoT Sol 1, a radiação emitida pelo Sol deve aumentar e tornar a superfície da Terra tão quente que a água líquida não poderá mais existir lá em seu estado natural", comenta Nascimento. As informações analisadas pela equipe foram captadas pelo satélite CoRoT, lançado em 2006 e operado do Havaí, nos Estados Unidos.

                Imagem do satélite que captou as imagens do CoRoT Sol 1 (Foto: Reprodução/DFTE-UFRN)

O astrônomo pondera que determinar a idade de uma estrela é, provavelmente, um dos aspectos mais difíceis da análise, porém espectros de alta qualidade podem ajudar a determinar as idades estelares. O grande espelho de 8,2 metros e a precisão do telescópio Subaru foi essencial para tornar possível a realização do estudo dos espectros da estrela gêmea.

Satélite captou 230 mil estrelas
A equipe planeja usar o telescópio Subaru para continuar a investigação sobre novas estrelas similares ao Sol. "Nos últimos 30 anos, apenas cinco estrelas foram descobertas", informa José Dias do Nascimento. De acordo com o astrônomo, o satélite CoRoT forneceu a observação de 230 mil estrelas. Usando um método criado na própria UFRN foram escolhidas as candidatas a gêmea.

"Sobraram 500 estrelas e, dessas, pedimos para observar 30. Analisamos quatro e duas se apresentaram muito parecidas com o Sol, com a diferença que em uma delas o espectro não ficou bom e na outra fico excelente, muito parecido com o Sol. Isso tornou a descoberta ainda mais preciosa", detalha Nascimento, que continuará a busca por astros gêmeos. "Agora vamos atacar outras estrelas. Queremos achar a estrela gêmea dois, três e daí por diante".

Pesquisa e descoberta
O anúncio da estrela gêmea solar foi feito na última sexta-feira (17). A descoberta faz parte do artigo intitulado “"The Future of the Sun: An Evolved Solar Twin Revealed by CoRoT", que está aceito para publicação e sairá em breve na revista "Astrophysical Journal Letters" (ApJL).

Estrela gêmea solar está localizada na Constelação de Unicórnio (Foto: Reprodução/DFTE-UFRN)

A equipe de cientistas responsável pela descoberta é composta por José Dias do Nascimento, da UFRN, que lidera o grupo; Jefferson Soares Costa e Matthieu Castro, também da UFRN; Yochi Takeda, do Observatório Astronômico Nacional do Japão (NAOJ); Gustavo Porto de Mello, do Observatório do Valongo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Jorge Melendéz, da Universidade de São Paulo (USP).
                                                           
Assistam a reportagem
video




sábado, 11 de maio de 2013

PAUL HELLYER EX-MEMBRO DO GOVERNO CANADENSE DECLARA: “ALIENS VIVEM ENTRE NÓS!”

Normalmente, as pessoas refutam declarações da existência de OVNIs e vida alienígena observando ou interferindo na vida humana como papo de maluco. Mas e quando o interlocutor é o ex-ministro da Defesa do Canadá?

Desde 2008, Paul Hellyer falava abertamente sobre a existência de OVNIs como fato, mas sempre foi de certa forma cuidadoso com o que falava. Em 2011, acusou o governo dos EUA de encobrir as provas da existência de vida extraterrestre na Terra, ainda afirmando que 80% dos avistamentos são fenômenos naturais, enquanto 20% são reais.

Agora, em 2013, ele voltou com tudo. Na semana passada, surgiu um vídeo de 25 minutos com Hellyer abrindo o jogo. Não só existem pelo menos quatro raças alienígenas vivendo entre nós neste exato momento, como parte delas estão planejando com três organizações (a Comissão de Relações Estrangeiras, o Clube de Bilderberg e a Comissão Trilateral — a elite global) a escravização de toda a raça humana, através de uma “Nova Ordem Mundial” — ou, em outro título, o “Projeto do Novo Século Americano”.

O site Caravela Virtual enumerou e traduziu os pontos mais importantes mencionados por Hellyer:

1. Paul Helyer afirma: “UFOs são tão reais quanto os aviões voando sobre as nossas cabeças”;
2. “Este meu pronunciamento me deu a chance de ser o primeiro líder do primeiro escalão no mundo a fazer esta declaração de uma maneira clara e inequívoca”;
3. Há pelo menos QUATRO espécies convivendo conosco neste momento no mundo;
4. Pelo menos DUAS delas trabalham com o governo dos Estados Unidos;
5. O fato de outras espécies serem mais AVANÇADAS do que nós pode nos exigir humildade e/ou ser um motivo importante que garanta nossa sobrevivência;
“Do mesmo modo que as crianças estão preparadas para em algum dia perceberem que há ilusões que não existem, como a fada-do-dente, os adultos que pagam impostos devem ser considerados preparados para entender esta nova realidade de que vivemos num cosmo cheio de vida, o qual compartilhamos com várias outras espécies“


“Há ETs vivos na Terra neste momento, e pelo menos dois deles provavelmente trabalham com o governo dos Estados Unidos.” A declaração do ex-ministro da Defesa do Canadá Paul Hellyer, 89 anos, foi feita durante uma audiência pública sobre a existência de vida extraterrestre realizada em Washington, D.C. Diversos ex-senadores e membros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos ouviram depoimentos de especialistas e testemunhas entre os dias 29 de abril e 3 de maio.

Assistam aos vídeos:
video
Esse vídeo foi copiado do canal do Chico penteado no Youtube

video


Paul Hellyer é um conhecido defensor da existência de extraterrestres. Em 2005, ele declarou abertamente que acredita em UFOs (objetos voadores não identificados), o que gerou grande repercussão no Canadá. Como ministro da Defesa Nacional canadense, em 1963, Hellyer foi responsável pela controversa integração entre o Comando Marítimo das Forças (Marinha), o Comando das Forças Terrestres Canadenses (Exército) e a Força Aérea Real do Canadá (Aeronáutica) em uma única organização: as Forças Armadas Canadenses.

Hellyer é o mais antigo membro do Conselho Privado da Rainha para o Canadá - que funciona como uma espécie de gabinete ministerial na monarquia constitucional do país. Ele afirma que passou a acreditar em óvnis quando teve uma experiência com sua mulher e amigos durante uma noite. Apesar de não ter levado muito em consideração quando viu o UFO, segundo seu relato, ele disse que manteve a cabeça aberta e passou a tratar o assunto - pelo qual se interessou há cerca de 10 anos - com seriedade.

“UFOs são tão reais quanto os aviões que voam sobre as nossas cabeças", afirmou o político canadense no segundo dia de audiência. Ele fez parte de um grupo de 40 pesquisadores internacionais e testemunhas - entre militares e cientistas - que testemunharam suas experiências extraterrestres diante de seis ex-membros do Congresso americano na audiência pública não governamental encerrada na semana passada.

O ex-ministro da Defesa canadense afirmou ainda que investigações apontassem a existência de "pelo menos quatro espécies (extraterrestres) que têm visitado a Terra há milhares de anos" - com o que ele concorda. Houve também declarações sobre como diversos presidentes dos Estados Unidos demonstraram grande interesse sobre óvnis e, em alguns casos, tentaram sem sucesso obter informações específicas sobre a veracidade de casos extraterrestres.






quinta-feira, 2 de maio de 2013

IMPRESSIONANTE AVISTAMENTO DE UFOS EM PIEDRAS NEGRAS, MÉXICO.

Este artigo foi publicado no site da internet do jornal Zocalo, uma nota deve ler e entender que é a primeira vez que há estes avistamentos. Compartilhar o vídeo de Setembro de 2010:

Grande expectativa resultou na população de diversos setores da Piedras Negras e do município de Jimenez, Coahuila, uma série de luzes que foram vistos ontem à noite na região, ninguém sabia o que foi explicado.

Cerca de 21h30min, no município de Jiménez, as pessoas começaram a relatar duas faíscas no céu entre o Rio Grande e Piedras Negras que permaneceu e, em seguida, mudou-se muito rapidamente.

As pessoas indicaram que eles tinham algum triangular e não era nenhum tipo de avião.

Publicação do jornal Zócalo Saltillo
                                         
Momentos mais tarde, em Piedras Negras, os moradores da área relataram 2.000 Tecnologia e relâmpagos no céu que pareciam dois triângulos que estavam em direção ao sul de Guerrero e mudei muito rapidamente após a suspensão de um momento e desapareceu na sul.

Aeroporto de Piedras Negras permaneceu fechado em um horário normal, às 19h00min e não tinha qualquer vôo com horário estendido, que decidiu que era aeronave local ou foram perdidos.

As luzes de repente pararam! Observado em torno de 22h00min horas para o sul pelo município de Guerrero, mas não antes de causar preocupação entre as pessoas.



Esta não é a primeira vez que este fenômeno ocorre em Piedras Negras e da região, para mais cedo no município de Guerrero e entre Nava e Piedras Negras também incidentes semelhantes foram relatados em 2010.
   
    Assistam ao Vídeo




AgradecimentosYohanan Días Vargas